Classificados Massa!
Twitter
Sugira uma matéria

notícias


30

nov

2011

Marrento de Pernambués é executado

Homem foi morto por bandidos de motocicleta quando ia a pé para o trabalho

Rodrigo Meneses


Marrento de Pernambués é executado / Foto: Arestides Baptista

Maurício Silva de Souza, 33 anos, foi perseguido por dois homens que estavam em uma moto e levou cinco tiros: dois na cabeça,  dois no tórax e um nas costas.  O crime aconteceu na manhã de ontem na Rua  4 de Dezembro, na localidade Vila 6 de Julho, em Pernambués.

A vítima morava próximo ao final de linha do bairro e tinha o costume de ir a pé para o trabalho – na unidade de reversão do Rio Camurujipe – próximo ao Terminal Rodoviário de Salvador.

O delegado do Departamento de Homicídios  e Proteção à Pessoa (DHPP), Cláudio Oliveira, ainda não sabe a  motivação do crime, mas trabalha com a hipótese de execução. A polícia tenta localizar um homem conhecido como “Naco”, que estava com Maurício na hora do crime. Testemunhas o viram correu sem ser atingido.

Segundo o  delegado,  a esposa de Maurício,  Edileuza Francisca Santana, 42, relatou sobre o temperamento explosivo do marido e contou que ele era “muito brigão”.  “Há cinco anos, Maurício levou 15 facadas em uma briga em Pernambués", revelou Cláudio Oliveira. Recentemente, a vítima também se indispôs  com colegas do trabalho.

Uma trouxinha de maconha foi encontrada na mochila que Maurício levava a farda do trabalho, os documentos e outros pertences. Os assassinos não levaram nada.  Apesar da droga, o delegado descarta envolvimento com o tráfico. “A princípio, a vítima não tem envolvimento com tráfico de drogas", frisou.

Os parentes de Maurício não quiseram falar com a imprensa. Os moradores do local também se calaram. “Aqui impera a lei do silêncio”, comentou um deles. (Colaborou Carine Andrade)




publicidade

//]]>


Copyright � 2010 Grupo A TARDE Todos os direitos reservados.

Rua Prof. Milton Cayres de Brito n� 204 - Caminho das �rvores - Salvador/BA, CEP-41820570.