04

out

2012

Trio cai feio após roubos

Em vez de festejar os 18 anos, Francismar preferiu roubar um carro e uma joalheria


Francismar, Adilton e José (esq. para dir.) foram presos com um revólver calibre 38, 3 munições, 2 granadas de fabricação caseira, joias e R$ 265

A tristeza no olhar do armador Francisco Santos, 40 anos, era de quem não esperava pela prisão do filho, Francismar Lima Santos, na última terça-feira (2) – dia em que o jovem completou 18 anos.

O pai, que é separado da mãe, havia comprado um bolo e uma garrafa de refrigerante para comemorar com parentes na casa da ex-mulher. Quando foi preso por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Candeias, Francismar e os comparsas relataram que os delitos foram cometidos para  comemorar a maioridade do filho de Francisco.

“É como se tivessem  tirado o meu coração. A gente veio  com um pensamento na cabeça  e quando chegou aqui... Só Deus para nos consolar”, disse  o pai, que é evangélico.

Francismar, apelidado de Chiquinho, Adilton dos Anjos Conceição, 23, e José Roque Alves dos Santos Júnior, 23, foram presos, no KM-597 da BR-324, próximo à Passagem dos Teixeiras.

O inspetor Marcos Alves, chefe de policiamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do posto de Simões Filho, informou que o trio assaltou um carro (Voyage preto de placa NZK-0223) na  Rua Apolinário da Hora, centro de Simões Filho. “Eles levaram os  dois homens que estavam no veículo, com o intuito de fazer saques nas contas bancárias, mas desistiram quando lembraram que as agências são equipadas com câmeras de segura”, contou.

Francismar e os comparsas, de acordo com a polícia,  deixaram as vítimas nas proximidades da Passagem dos Teixeiras, e seguiram para Camaçari, onde assaltaram  uma joalheria na Avenida Radial, no Centro.

 

Inocente?

“Eu estou tão triste. O que fica martelando em minha mente é que ele nunca foi de andar com esses rapazes. Meu filho não é vagabundo. Nunca foi envolvido com coisa errada”, disse a mãe de Francismar, Risomar Félix de Lima, 48. Conforme informações da DRFRV, Francismar e os comparsas foram reconhecidos por um homem como autores do roubo de carro Citroen C3, no último dia 29, no Bonfim.

 

Polícia atirou nos pneus

O trio foi preso por agentes da PRF, próximo à Praça de Pedágio de Simões Filho, sentido Salvador. “Eles foram abordados antes de chegar no pedágio e tentaram fugir. Houve perseguição e os policiais precisaram atirar nos pneus para parar o veículo usado por eles”, contou o inspetor da PRF, Marcos Alves. Na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), no Iguatemi, os presos até falaram sobre suas profissões e família. Mas se recusaram a dar qualquer informação sobre a ação. “Tenho nada a ver com isso. Nada a declarar”, repetia Francismar. Todos negaram que os crimes ocorreram para celebrar o aniversário de Francismar.