Edição do dia
Seg, 20/03/2017 | Atualizado em: 20/03/2017 às 05h00

FOI VISITAR A MÃE E SE DEU MAL

ANDREZZA MOURA
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A vendedora Camila Fernanda Franco de Araújo, 24 anos, foi executada a tiros na madrugada de ontem, na Rua Apolinário Bonfim, no distrito de Catu de Abrantes, em Camaçari - Região Metropolitana.

Ela estava na porta da casa da mãe, na localidade de Jacarezinho, quando foi baleada diversas vezes na cabeça, por volta das 2h45 .

Camila saiu de casa após receber uma mensagem via aplicativo WhatsApp e avisar a mãe que iria a uma festa. Ela não informou com quem sairia, nem onde seria o evento.

A Polícia Civil investiga se o crime foi motivado por uma dívida de R$ 8 mil que a jovem tinha com um traficante de drogas da região. O caso é apurado pela 26ª Delecagia de Vila de Abrantes.

"Segundo falaram, ela já esteve envolvida com o tráfico e 'quebrou' o traficante. Pagava a ele aos poucos", contou um policial sem se identificar.

Ainda conforme o agente, após o fato, Camila foi expulsa do bairro e orientada a não retonar. O policial não soube dizer o que ela foi fazer na casa da mãe.