Edição do dia
Qui, 18/01/2018 | Atualizado em: 18/01/2018 às 05h00

Baianos ainda têm abono para receber

da redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O Ministério do Trabalho libera hoje o sétimo lote do benefício a trabalhadores da iniciativa privada nascidos nos meses de janeiro e fevereiro e servidores com inscrição de final 5.

Do total de recursos que ainda podem ser retirados - quase R$ 10 bilhões - aproximadamente 22,8% são para o Nordeste, segundo levantamento preliminar do Ministério do Trabalho.

A região tem a segunda maior fatia, com R$ 2,25 bilhões para 2,97 milhões de trabalhadores. De acordo com os dados, os saques no Nordeste já atingiram R$ 1,93 bilhão para 2,55 milhões de pessoas, o equivalente a 46,20% dos beneficiários no período.

A maior parte destes recursos vem para a Bahia, onde 791,64 mil pessoas poderão sacar R$ 598,75 milhões. Os baianos têm o quinto maior volume do país, atrás dos paulistas, com R$ 2,3 bilhões a receber, mineiros (R$ 1, 1 bilhão), fluminenses (R$ 908,08 milhões) e paranaenses (R$ 607,58 milhões).Depois deste lote, outras duas parcelas serão liberadas: a primeira em 22 de fevereiro e a segunda em 15 de março.