Tá Quente!

Qua, 21/02/2018 | Atualizado em: 21/02/2018 às 05h00


Tá Quente!

Bafafá e bufunfa em Camaçari

Alexandre Santos
A+ A-

Investigado em esquema fraudulento de aumento de salários, o presidente da Câmara de Vereadores de Camaçari, Oziel Araújo (PSDB), abriu ontem os trabalhos do Legislativo com um discurso de autodefesa.

Segundo o Ministério Público da Bahia, 20 dos 21 parlamentares da Casa, incluindo Araújo, são investigados por aprovar, em 2017, lei que engordava os próprios vencimentos em R$ 2.578,45. "Em nenhum momento foi feito nada de má fé por parte dos vereadores e do presidente desta Casa. É importante registrar que algumas pessoas têm tentado tirar proveito dessa situação e mobilizado a sociedade contra a Câmara", disse, negando as acusações de associação criminosa e peculato (apropriação de recursos públicos).