Edição do dia
Seg, 16/04/2018 | Atualizado em: 16/04/2018 às 05h00

Intruso entre os favoritos

Das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Nem Sebastian Vettel, nem Lewis Hamilton. O GP da China de Fórmula 1 ficou nas mãos de Daniel Ricciardo. O australiano da Red Bull largou em sexto ontem, mas deixou para trás os favoritos em uma prova surpreendente e faturou no Circuito Internacional de Xangai a primeira vitória da equipe na temporada.

Foram 15 provas sem subir ao lugar mais alto do pódio, mas Ricciardo encerrou o jejum em grande estilo. O australiano aproveitou a entrada do safety car para diminuir a distância para os líderes e, depois, ganhou posição por posição graças a belas ultrapassagens.

Vettel, da Ferrari, até largou na ponta, mas não resistiu às investidas de Ricciardo e ainda foi prejudicado por uma tentativa de manobra do companheiro do australiano, Max Verstappen, o que o fez terminar em oitavo. Já Hamilton, da Mercedes, esteve longe de seus melhores dias e acabou em quarto. O resultado ainda embolou a briga pelo título do Mundial de Pilotos.