Ter, 12/06/2018 | Atualizado em: 12/06/2018 às 05h00

Saúde Hospital novo com problemas 'das antigas'

Igor Andrade e Roy Rogeres / a tarde sp
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Após denúncias de funcionários e pacientes, a equipe de reportagem esteve no Hospital Municipal de Salvador (HMS), em Boca da Mata, e confirmou que, mesmo com pouco movimento, a demora no atendimento da emergência é grande e os atendimentos especializados, como consultas e exames, não estão sendo realizados como prometido.

Na recepção do HMS, a informação é que os atendimentos e exames são apenas para áreas específicas e não são marcados na unidade. "Geralmente, só atendemos egressos de cirurgia, urgência e emergência. Para atender outras especialidades, o paciente tem que ser encaminhado através de um posto médico. Alguns setores ainda não estão funcionando", afirmou um funcionário, que preferiu não se identificar.

Walter Santos é morador da região e pai de uma paciente que aguardava atendimento. Ele afirmou esperar por mais de quatro horas a fim de obter atendimento ortopédico para sua filha. "O HMS só tem boniteza, mas o atendimento aqui é péssimo. Minha filha torceu o pé, chegamos aqui às 8h da manhã, já é meio dia e até agora nada. Enquanto isso, minha filha está sentindo dores, precisando engessar o pé."

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que a unidade está funcionando normalmente como prevista para sua primeira fase.