Viver Bem

Sáb, 07/07/2018 | Atualizado em: 07/07/2018 às 05h16


Viver Bem

Viva o amor na dose certa!

Victor rosa*
A+ A-

Parece lindo, mas não é! O "amor incondicional", aquele que passa por cima de tudo, pode ser inconsequente e trazer sérios problemas para a relação.

Segundo a sexóloga e coach em relacionamentos Virgínia Gaia, uma relação afetiva precisa envolver troca de amor entre duas pessoas e não algo que exista em excesso em apenas um dos lados. "Acho incondicional um termo muito forte. Ele traz a ideia de que não existe reciprocidade. Afinal, não é sempre que este tipo de amor tem um retorno igual do outro", afirma.

Em um relacionamento, os votos amorosos têm que ser renovados com frequência, até para que o casal possa se reinventar na relação. "Existem momentos que precisa de esforço para que a relação se renove de tempos em tempos. Temos que pensar no amor como um empenho de passar por diversos ciclos e saber que relacionamentos têm seus altos e baixos", alerta a sexóloga.

Virgínia explica que pensar no amor de forma incondicional, ou seja, um voto que perdura em qualquer circunstância, pode acarretar em uma relação não saudável. "O saudável é amar e ser amado de volta, aos poucos, porque relacionamento é uma eterna avaliação e uma eterna lei de reciprocidade", finaliza.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver