Plantão

Qui, 11/10/2018 | Atualizado em: 11/10/2018 às 07h10


Plantão

Tiros fatais Noite de terror na Estrada das Barreiras

Andrezza Moura
A+ A-

Moradores da Vila Dois Irmãos, na Estrada das Barreiras, no Cabula, dizem que o atentado da madrugada de ontem, que deixou duas vítimas fatais e seis feridos, foi praticado por policiais militares, horas após um soldado da 23ª CIPM (Tancredo Neves) ser baleado durante uma incursão no Buracão, em Tancredo Neves.

"Foi a polícia, foi represália. O Buracão é aqui atrás, aqui pela rua tem como chegar lá. Eles estavam achando que os caras estavam comemorando. Tinham três dentro do carro, mas só um atirou, nem desceu. É profissional", contou um amigo das vítimas, sob anonimato. Ele presenciou o crime.

Segundo ele, era por volta da meia-noite quando o grupo de amigos, que bebia cerveja na porta de uma loja de roupas, foi surpreendido a tiros, por um homem que chegou à rua em um veículo prata. Uma das vítimas fatais, Magno Leal Roma, 33 anos, o 'Magrão', vendia bebidas no local e ficava até a madrugada. "Ouvi uns oito tiros, quando vi, foi a correria", contou um amigo das vítimas. Magno foi atingido na cabeça e no pescoço.

A outra vítima fatal foi Jackson Vieira Santos, 36, o 'Pai', que morreu ao chegar à unidade de saúde.