Plantão

Sex, 09/11/2018 | Atualizado em: 09/11/2018 às 05h00


Plantão

Mais dois suspeitos de matar jogador são presos

Das Agências
A+ A-

Mais dois suspeitos de envolvimento no assassinato do jogador Daniel Freitas foram presos ontem. David Willian Villero Silva, de 18 anos, e Igor King, de 20, se apresentaram à polícia, na Delegacia de São José dos Pinhais (PR).

Eles se juntaram a Eduardo Henrique Ribeiro da Silva, 19, preso na última quarta-feira (7), em Foz do Iguaçu (PR), e devem ser transferidos, após serem ouvidos pela polícia.

O empresário Edison Brittes, conhecido como Juninho Riqueza, que confessou ter matado o jogador, ex-atleta do São Paulo e Coritiba, foi transferido ontem para o Centro de Triagem I, em Curitiba. A mulher dele, Cristiana, e a filha, Allana, foram encaminhadas para a Penitenciária Feminina, em Piraquara. Eles cumprem prisão temporária pelo assassinato, cometido em 27 de outubro.

David, Willian e Igor tiveram a prisão decretada na última quarta (7), sob suspeita de ligação com o crime, já que estavam no veículo em que o corpo foi levado para o local de desova. O advogado Allan Smaniotto, que defende os suspeitos, afirmou em coletiva, que os jovens foram coagidos a entrarem no carro.