Tá Quente!

Qui, 17/01/2019 | Atualizado em: 17/01/2019 às 05h02


Tá Quente!

PF pede mais 90 dias para caso de facada

Das Agências
A+ A-

A PF pediu à Justiça prorrogação de 90 dias no segundo inquérito aberto para apurar o atentado sofrido pelo presidente Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora, durante ato de campanha na eleição de 2018. Segundo informações da corporação, não há um prazo determinado para a conclusão do inquérito, aberto em 25 de setembro. Bolsonaro foi esfaqueado no abdômen por Adélio Bispo de Oliveira em 6 de setembro, quando participava de ato de campanha na região central de Juiz de Fora. O então candidato foi levado para um hospital local, passou por cirurgia e depois foi transferido para São Paulo. O autor do atentado foi preso e confessou o crime. O objetivo do pedido de prorrogação do prazo, segundo a PF, é para conclusão de "diligências em curso" e para que "tenham sequências as investigações". O primeiro inquérito foi encerrado. Foi concluído que o autor do atentado agiu sozinho.