Esporte

Seg, 11/02/2019 | Atualizado em: 11/02/2019 às 12h11


Esporte

Spider no MMA Uma 'guerra infinita' contra a aposentadoria

Das Agências
A+ A-

Um dos maiores atletas da história do MMA, Anderson Silva voltou à ação na madrugada de sábado para domingo (horário de Brasília) após dois anos afastado.

No UFC 234, o brasileiro de 43 anos encarou o nigeriano Israel Adesanya, em Melbourne, na Austrália, e foi derrotado por decisão unânime dos árbitros.

Anderson não mostrou a mesma desenvoltura que fez dele o grande nome do UFC por anos.

Mesmo assim, fez um combate bastante disputado diante de Adesanya, mas sucumbiu diante da superioridade física do adversário, 14 anos mais jovem.

O nigeriano, que admitiu às vésperas da luta ter o brasileiro como ídolo, reverenciou o rival após a vitória.

"É como se eu estivesse jogando basquete com o Michael Jordan", disse Israel, em lágrimas, após o anúncio da vitória.