Esporte

Ter, 11/06/2019 | Atualizado em: 11/06/2019 às 08h48


Esporte

E agora? Roger tem quebra-cabeça para resolver

Felipe Paranhos
A+ A-

Se fosse no videogame, Roger Machado teria passado do nível profissional para o lendário. Isso porque o treinador do Bahia vai ter que usar suas melhores habilidades para montar uma equipe competitiva para o jogo contra o Inter amanhã, às 21h30, no Beira-Rio.

O motivo é simples: o Tricolor não terá Gregore, Artur e Élber. Os dois primeiros estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo, enquanto este último foi vetado pelo departamento médico, devido a uma lesão na coxa. Sem o trio, Roger terá de fazer uma improvisação se quiser manter o estilo contragolpeador da equipe – afinal, o único jogador de velocidade que o treinador teria para o lugar dos dois pontas é Rogério. Apesar de Arthur Caíke também jogar pelas extremidades do campo, o estilo do atacante é outro. Para o lugar de Gregore, o técnico deve optar por Flávio.

A boa notícia é o retorno de Gilberto. Embora não se saiba se o atacante está 100%, ele viajou com a delegação para Porto Alegre.