Plantão

Qua, 12/06/2019 | Atualizado em: 12/06/2019 às 13h34


Plantão

Tiras não quiseram saber de Lula livre

Da Redação
A+ A-

Suspeito de liderar facção no Recôncavo baiano, Luís Carlos de Souza Santos, o Pai Lula de Cachoeira, foi morto após troca de tiros com a polícia na tarde de segunda-feira (10), em Itapuã. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, Lula era suspeito de casos de assalto, homicídio, tráfico de drogas e de chefiar uma quadrilha em Cachoeira (a 117 km da capital). Conforme a SSP, ele foi encontrado em um imóvel e começou a atirar com a chegada dos policiais. Luís Carlos foi atingido e socorrido para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 1 kg de maconha, porções de cocaína e uma balança.