Nas Ruas

Ter, 27/08/2019 | Atualizado em: 27/08/2019 às 04h03


Nas Ruas

Moradores em situação de alerta

Tainá Cristina*
A+ A-

Há quase três meses, moradores da rua Candinho Fernandes, em Fazenda Grande do Retiro, estão sofrendo com o aparecimento de rachaduras e fendas nas estruturas dos imóveis, após o início de uma obra de contenção de encosta. Cerca de 25 casas foram interditadas pela Defesa Civil de Salvador (Codesal). Na noite do último domingo (25), porém, o muro de um dos imóveis isolados desmoronou.

O problema, que se agrava a cada dia, deixa os moradores em situação de alerta, a exemplo de Ircleide Santos, 33 anos, que vive apreensiva. "Eu não posso deixar minha casa sem saber o que realmente vai acontecer. Tem um prédio atrás da minha casa e um ao lado, que estão notificados. Essas casas estão cedendo e a minha está bem no meio delas. Tenho medo de algo pior. No dia que parte de uma casa desabou, eu saí ligeiro com meus filhos. Não tenho para onde ir", ressaltou.

A situação é desesperadora também para Cristiane Leite, 39 anos. "As rachaduras se intensificaram mais no muro e a casa do meu vizinho cedeu. Fui notificada pela Defesa Civil a deixar a minha casa. Eu não tenho para onde ir. Estou indo dormir na casa da minha mãe e, todos os dias, eu volto para a minha casa para retirar as coisas. Estou desesperada. Ainda não recebi o auxílio aluguel. Eu e meu marido estamos desempregados, fica muito complicado", disse.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira