Nas Ruas

Sex, 06/09/2019 | Atualizado em: 06/09/2019 às 04h04


Nas Ruas

Passageiros tomam 'chá de cadeira' na estação

TAINÁ CRISTINA*
A+ A-

Com 13 mil passageiros diariamente circulando pelas estações, um dos dois trens do sistema ferroviário do subúrbio de Salvador– o mesmo em que houve a explosão do fusível de alta-tensão na última quarta-feira– ficou sem operar, na tarde de ontem, por quase 5 horas por conta de nova necessidade de manutenção, resultando em maior espera dos passageiros que permaneceram por quase 2 horas na Estação do Lobato.

Segundo o diretor de operação e manutenção da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), Hidelson Menezes, o sistema começou a funcionar, ontem, por volta das 6h, porém, foi identificado um problema na tração. "Às 7h, os dois trens estavam operando e, por volta das 14h, retirei o trem em que houve o problema do fusível, para realizar uma nova revisão", ressaltou.

Além do atraso, para a passageira Jozi Rodrigues, 54 anos, a situação é constrangedora. "É uma situação horrível. Esperamos o trem em um horário e passa horas depois. Está muito cheio, muito calor e não se tem conforto", frisou.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira