Viver Bem

Sáb, 14/09/2019 | Atualizado em: 14/09/2019 às 09h04


Viver Bem

Oral com gostinho de prazer

Allan Ribeiro*
A+ A-

O sexo oral, para grande parte dos homens e mulheres, pode ser a preferência no momento da relação sexual. É aquele tudo de bom! Agora, imagine um oral bem feito, o calor da boca provocando mudança de temperatura lá embaixo, somado à criatividade e "sacanagem" que você e sua parceira (o) aplicam no momento, com elementos que atiçam os dois. Pensou? Ótimo.

Como já sabemos, para ser expert em um assunto, temos que praticar bastante, e não é diferente na hora de dar aquela chupadinha ou lambidinha especial. Para isso, existem várias técnicas, formas de trazer o prazer, que vão mexer com o psicológico dos dois.

A famosa utilização do "Halls preto" é uma prática popular e conta com muitos adeptos. Se você não ainda fez essa experiência, aproveite a dica.

O diferencial dessa técnica está no geladinho refrescante que fica no hálito proporcionado pela bala, que pode provocar diferentes sensações de quente e gelado, além de uma ardência gostosa, resultando em prazer para os dois.

Além disso, existem outras opções para uso na hora H. São elas: gelo, sorvete, leite condensado, chantili, morango, chocolate e bala de menta. Esses itens são ótimos para serem usados nas zonas erógenas.

Ver o parceiro (a) lambuzado (a), sensualizando e se "deliciando" com você, enquanto pratica o sexo oral, vai aguçar o fetiche, tanto para a mulher quanto o homem. Ainda possibilita outros sabores durante a brincadeira.

Em entrevista picante sobre o tema, numa roda de amigos, Raiane Lima (nome fictício), 34 anos, moradora do Lobato, afirmou já ter usado algumas opções diferentes, que resultaram em prazer e ótimos orgasmos. "Já fiz com sorvete, chocolate, leite condensado, a lâmina que o povo comprava na farmácia sem saber que era pra fazer oral, cerveja, e garanto que foi ótimo", contou.

Ela ainda relatou que foi bom para os dois. "Gente, foi muito bom! O sorvete é ótimo e a lâmina também, dão muito prazer. A mistura do frio que fica na boca dele com a temperatura ambiente é de deixar a pessoa louca. E, sendo sincera, quando o oral é bem feito e nos faz pensar somente em querer mais durante o momento, é bastante perigoso lembrar em qualquer ambiente depois", brincou!

*Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos