Plantão

Qui, 19/09/2019 | Atualizado em: 19/09/2019 às 09h28


Plantão

Líder de bando que matou PM é preso

leo moreira
A+ A-

Um homem apontado como responsável pela morte de um PM e de liderar uma quadrilha de tráfico, em Valença (a 264 km de Salvador), foi preso na terça-feira (17), em Eunápolis (a 647 km da capital). De acordo com a Polícia Civil, Luciano Santos, 36 anos, conhecido como Luciano de Iara, tinha mandado de prisão em aberto. A captura aconteceu no bairro do Pequi, onde residia o suspeito. "Recebemos uma informação de que ele estaria aqui na cidade. Nós esperamos por cerca de 4 horas, até ele sair de casa, aí o prendemos. Ele tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de entorpecentes e por esse crime do PM", explicou o coordenador da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis), o delegadoMoisés Damasceno.

Luciano é apontado como um dos participantes do assassinato do policial militar Rogério Souza da Silva, cometido em dezembro de 2016. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), cerca de dez homens participaram da ação que tirou a vida de Rogério e ainda deixou outro PM, João Feitosa da Silva Plínio, ferido. Ambos eram lotados na 33ª Companhia Independente da Polícia Militar (Valença).

Conforme Damasceno, agora o suspeito segue para a Comarca de Valença, onde deve responder pelos crimes.