Esporte

Ter, 08/10/2019 | Atualizado em: 08/10/2019 às 07h58


Esporte

Revés já foi Hora de olhar pra frente no Esquadrão

Léo Santana
A+ A-

Águas passadas não movem moinhos. É com este lema que o Bahia voltou aos treinamentos ontem de olho no São Paulo, adversário de amanhã, às 21h, na Arena Fonte Nova, pelo Brasileirão. E, se quer voltar ao grupo de classificação à Libertadores, é bom mesmo o Tricolor esquecer a derrota para o Athletico-PR e focar no time paulista, rival direto na briga por uma vaga no torneio continental, já que um triunfo recolocará o Esquadrão no G-6.

"É um confronto direto. A equipe deles está dois pontos na nossa frente. Temos a oportunidade de vencer e passar. E colocar o Bahia nessa Libertadores. Nosso pensamento é esse, vencer e fazer um grande jogo e dar alegria a essa torcida", prometeu o atacante Élber, em entrevista coletiva ontem no Fazendão.

Destaque das últimas três partidas do Bahia, o jogador aproveitou para pregar respeito ao São Paulo, que terá desfalques importanres - Daniel Alves, Antony, Arboleda e Raniel - para o jogo. "A equipe do São Paulo é qualificada. [...] Vão fazer falta para eles, mas para a gente, não vai. A gente sabe que, independentemente de quem vier, vai ser um jogo difícil", lembrou.

E para triunfar e retornar ao G-6, Élber pediu o apoio dos torcedores na Fonte Nova. "Espero que, na quarta, volte a estar cheia, tenho certeza de que vai estar cheia. Vamos nos empenhar bastante para conquistar os três pontos", encerrou o atacante.

Para a importante partida, o técnico Roger Machado não contará com os meias Guerra e Shaylon. O primeiro, que tem sido titular, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, enquanto o segundo não pode atuar por questões contratuais, pois pertence aos paulistas.