Esporte

Qui, 07/11/2019 | Atualizado em: 07/11/2019 às 04h05


Esporte

Triste chuveirinho

Leo moreira
A+ A-

Não foi como o torcedor esperava, mas dos males, o menor. O Bahia não conseguiu passar do 1 a 1 com a Chapecoense, ontem à noite, na Arena Fonte Nova, em partida valida pela 31ª rodada do Brasileiro, e ficou mais distante da tão sonhada vaga na Libertadores. Por outro lado, evitou a terceira derrota consecutiva em casa e ganhou uma posição.

O time de Roger Machado até começou melhor. Logo no primeiro minuto, parecia que seria o dia do fim do jejum de quatro jogos sem vencer em casa. Moisés foi à linha de fundo, cruzou e encontrou Fernandão, que chutou para fora. Aos 6, Gregore arriscou de longe, mas a bola saiu pelo lado direito.

Aos 7, foi a vez da Chape. Bruno Pacheco cobrou escanteio e Everaldo cabeceou nas mãos de Douglas. Também foi de cabeça que o time catarinense abriu o placar, seis minutos depois. Bruno Pacheco cobrou falta na área, Rafael Pereira passou para Douglas, que tocou, também de cabeça, antes de Henrique Almeida completar.

Daí em diante, o Esquadrão se perdeu em campo. Com mais posse de bola, o Bahia não conseguia criar. Marquinhos Santos montou um verdadeiro paredão defensivo, com uma linha de cinco e outra de quatro, obrigando o Tricolor a 'chuveirar' na área. Mas, aos 26, Élber quase fez uma pintura. O camisa 7 invadiu a defesa, só que bateu mal, para fora.

Na volta dos vestiários, Roger colocou Gilberto no lugar de Élber. A mudança fez o Bahia jogar ainda mais à base dos cruzamentos. Para se ter ideia, foram 49 bolas alçadas na área da Chape. Destas, 38 foram erradas. Aos 7, Gilberto cobrou falta de longe e obrigou João Ricardo a fazer grande defesa. Só aos 37 o Esquadrão voltou a levar perigo. Artur cruzou para Gilberto mergulhar de peixinho. João Ricardo salvou mais uma vez.

Aos 39, Guerra cobrou escanteio rasteiro para fora da área e Marco Antônio bateu bonito para empatar. Por pouco, o Bahia não chegou à virada dois minutos depois. Artur cruzou para Gilberto finalizar de cabeça. João Ricardo defendeu. A bola ainda bateu no travessão.

Com o resultado, o Bahia subiu para o nono lugar, com 43 pontos. Já a Chape, com 22 pontos, ocupa a penúltima posição.