Tá Quente!

Sex, 28/02/2020 | Atualizado em: 28/02/2020 às 04h00


Tá Quente!

Partido Aliança adia pleito e afeta vereadores

Raul Aguilar
A+ A-

O dirigente nacional do Aliança pelo Brasil, Luís Felipe Belmonte, afirmou ontem, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, que a legenda, que ainda está em fase de coleta de assinatura para registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não participará das eleições municipais de 2020, que serão realizadas em outubro. A informação do líder nacional do movimento chegou à Câmara Municipal de Salvador (CMS) deixando ao menos dois vereadores bolsonaristas de primeira leva desapontados.

O vereador Alexandre Aleluia (DEM) é o

principal articulador das ações do Aliança pelo Brasil no estado. Aleluia acreditava que o partido seria criado ainda neste ano. Em fevereiro, durante evento na Câmara, Aleluia revelou ao MASSA! que não trabalhava com a hipótese do partido não disputar o pleito de 2020.

O vereador César Leite (PSDB), um dos apoiadores do Aliança na Bahia, também apostou todas as fichas na criação da sigla. "Estou preso nisso. Eu preciso que o Aliança defina logo no início da janela como é que vai ser. Essa demora acaba retardando qualquer tipo de trabalho da minha parte para candidatura em outro partido", desabafou o vereador do PSDB.

O MASSA! tentou contato com o vereador Alexandre Aleluia hoje, mas não obteve sucesso.