Esporte

Sex, 13/03/2020 | Atualizado em: 13/03/2020 às 04h01


Esporte

saiu até no lucro

everton santos*
A+ A-

Poderia ter sido pior. Diante do Ceará, no Castelão, o Vitória foi dominado ontem pelo time adversário, não conseguiu produzir um bom futebol e com um campo sem condições de jogo no segundo tempo por conta da chuva, acabou sendo derrotado por 1 a 0, no duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Ciente da necessidade de fazer um bom resultado em casa, o Vozão começou a partida pressionando o Leão, empurrado pela sua torcida. No primeiro tempo o gramado estava molhado, mas ainda assim, os cearenses conseguiram trocar passes e produzir as melhores chances.

Nos minutos inciais, o Ceará atacou principalmente pelo lado esquerdo da defesa rubro-negra e levou vantagem nas jogadas aéreas. O Vitória até chegou a equilibrar as ações na metade da primeira etapa, mas esta situação não durou muito e quem acabou brilhando foi o goleiro Lucas Arcanjo.

No entanto, o arqueiro do Leão não conseguiu operar milagres durante todo o primeiro tempo. Aos 43 minutos, Vinícius cobrou falta na área, Rafael Sóbis cabeceou e João Victor desviou para o fundo da meta, tirando qualquer possibilidade de defesa do jovem goleiro do Vitória.

Já no segundo tempo um dilúvio tomou conta da capital cearense. A bola mal rolou no gramado do Castelão e os jogadores se viraram como podiam. Os chutões ficaram recorrentes e ambos os times viram seus atacantes de velocidade serem desarmados com frequência pelas poças de água que estavam espalhadas pelo campo.

Ainda assim, o Vitória teve sua melhor chance aos 18 minutos quando Gerson Magrão pegou uma sobra de bola na entrada da área e bateu sem jeito, Vico desviou e Samuel Xavier, em cima da linha, evitou o empate.

Por outro lado, o Ceará chegou em algumas oportunidades e quase ampliou o marcador aos 41minutos. Vinícius entrou de frente com Lucas Arcanjo, mas acabou sendo puxado por João Victor, que foi expulso na jogada.

No fim, o placar seguiu inalterado e o revés por um gol de diferença acabou ficando de bom tamanho para o time do técnico Geninho, que vai precisar reverter a vantagem cearense, na quarta-feira (18), às 19h15, no Barradão, para avançar às oitavas de final do torneio.

*Sob a supervisão doeditor Léo Santana