Plantão

Qui, 19/03/2020 | Atualizado em: 19/03/2020 às 04h01


Plantão

Motorista é executado na volta pra casa

Nicolas Melo
A+ A-

A morte do motorista da Câmara de Vereadores de Dias D'Ávila (Grande Salvador) José Edivaldo Costa Caiano, 59 anos, é um mistério para amigos e familiares. A vítima, que era bem conhecida na região, voltava para casa, quando foi assassinada a tiros, na noite de terça-feira (17), no conjunto Minha Casa, Minha Vida, no distrito de Leandrinho. Ele foi morto a poucos metros de casa.

Para os amigos e vizinhos de Diva, como a vítima era conhecida, não há justificativas para o assassinato. "Diva era uma pessoa de bem, trabalhador. Pessoa honesta. Era mais que um amigo, era como um filho para a gente", relembrou o casal Vilma e José, que mora em Salvador e foi a Dias D´´Avila apenas para o sepultamento. "A nossa casa aqui na cidade é só para descanso e foi ele que fez nas horas vagas. Ele que cuidava enquanto a gente não estava", completou o casal.

Inconsolável, o sogro de Diva relembrou dos momentos com o genro, jogando sinuca, antes dele morrer. José tinha o costume de todos os dias, ao sair do trabalho, passar no Bar e Restaurante São José, do sogro, onde passava horas de conversa fiada.