Viver Bem

Sex, 20/03/2020 | Atualizado em: 20/03/2020 às 04h02


Viver Bem

Cardíacos Atenção ainda maior nesta época

Durval Ferreira*
A+ A-

Pessoas com doenças cardiovasculares ou cardíacas fazem parte do grupo mais vulnerável às complicações da Covid-19. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), pacientes com doenças do coração ou nos vasos sanguíneos podem desenvolver mais complicações se tiverem coronavírus.

A médica Manami Okada Iseki recomenda que o momento de isolamento seja respeitado. "Por ser um grupo mais vulnerável, adquirindo o coronavírus existe uma chance do desfecho ser mais desfavorável. A recuperação é mais arriscada, pois toda a doença crônica leva à redução da imunidade", explicou.

Circularam afirmações que medicamentos para hipertensão eram prejudiciais a pacientes com Covid-19. Mamami Okada diz que são falsas: "Não procede. A própria Sociedade de Cardiologia determinou que não fossem suspensos os medicamentos de hipertensão porque não há comprovação de que esses medicamentos favorecem a entrada do coronavírus na célula, o que pode acontecer é um descontrole da hipertensão e uma descompensação da insuficiência cardíaca".

Para quem possui doença no coração ou diabetes, cuidados com a alimentação e hidratação são fundamentais para afastar a chance de um contágio com o coronavírus. "É importante manter-se em casa neste momento para o funcionamento e saúde do corpo. Aproveite esse momento de quarentena e procure exercícios leves para praticar em casa, se hidratar bem e respeitar a quarentena. Por fazer parte do grupo de risco, é importante que as vacinas estejam em dia, e só procurar uma ajuda médica se realmente apresentar algum dos sintomas do coronavírus para não superlotar o sistema de saúde", detalhou a cardiologista.

As vacinas mais importantes para esses pacientes são a de gripe e pneumonia.

*Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos