Viver Bem

Ter, 24/03/2020 | Atualizado em: 24/03/2020 às 04h01


Viver Bem

Se ligue Sorriso para fortalecer a imunidade

Maria Gabriela Vidal*
A+ A-

Esquecer da saúde bucal é um hábito prejudicial e até comum. O comprometimento das gengivas, devido às inflamações relacionadas ao pouco cuidado com a higiene da boca, é um problema que acomete muitas pessoas, que por vezes desconhecem a sua gravidade. Entre as possíveis complicações, está a periodontite.

Mais agressiva que a famosa gengivite, a doença periodontal merece uma atenção especial diante da pandemia de coronavírus. A bactéria tem o potencial de percorrer a corrente sanguínea e repercutir ao longo do corpo. "Caso não seja tratada, problemas maiores podem surgir, a exemplo da septicemia e infecções generalizadas. Nesses casos, é válido ponderar que há uma diminuição considerável da imunidade do paciente", afirmou a dentista Margareth Macedo.

Devido à fragilidade do sistema imunológico, pacientes que apresentam doenças coronarianas, diabetes, dentre outras, além de serem mais suscetíveis a desenvolver a periodontite, correm um grande risco com o Covid-19. "Se esses pacientes apresentarem algum sangramento bucal ou supuração, é de extrema urgência procurar um dentista para iniciar o tratamento. Afinal, diante da ameaça do coronavírus, se infectados pelo patógeno, eles são mais propensos a desenvolverem a forma mais agressiva da doença", alertou a especialista.