Plantão

Qua, 01/04/2020 | Atualizado em: 01/04/2020 às 04h01


Plantão

Balaços foram o fim da linha para motoboy

Nicolas Melo
A+ A-

Diversas pessoas reunidas, chorando na frente de uma casa, indicavam que era ali, na rua Rubem Amorim, Massaranduba, que José Augusto Martins Vilela, 34 anos, morava. Ele foi assassinado a tiros, na madrugada de ontem, na praça Afro Brasil, a poucos metros do local onde residia com a mãe.

O crime foi cometido por volta de 0h20. Alguns populares falaram à reportagem do MASSA! que José, que trabalhava com entregas de pizzas ou macarrão ao vivo na região, estaria bebendo quando foi surpreendido por homens armados. "A gente estava em casa e deu para ouvir os tiros. Depois que soubemos", lamentou o cunhado da vítima, sem revelar o nome. Até ontem, a família desconhecia a motivação do crime.

O motoboy ainda foi encontrado vivo por policiais militares da 17ª CIPM (Uruguai), que logo em seguida prestaram socorro à vítima para o Hospital do Subúrbio, mas José já chegou morto. No local, diversas pessoas relataram conhecê-lo como 'correria'.