Plantão

Sex, 12/06/2020 | Atualizado em: 12/06/2020 às 06h24


Plantão

Sumiço acaba com alívio e mistério

Andrezza Moura
A+ A-

Familiares de Taiane Sena, 21 anos, que desapareceu na noite do último domingo (7), em Narandiba, após sair de casa para comprar cerveja para a mãe, agora, respiram aliviados. Depois de três dias de buscas e muitas incertezas, a garota foi localizada por policiais militares, na noite de quarta-feira (10).

"Ela está muito abalada. Estamos deixando ela se recuperar, para depois, no dia a dia nos contar o que aconteceu. Não perguntamos nada, ela só chora. O importante é que ela está viva, ao nosso lado", afirmou o autônomo Tadeu Sena, pai de Taiane.

Segundo ele, embora esteja bastante debilitada, a jovem não tem marcas aparentes de agressão física. "Ela está bem, graças a Deus! Não tem marca de nada", completou o senhor, revelando que, hoje, a família vai ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, na Pituba, para prestar esclarecimentos à Polícia Civil. Assim como o desaparecimento e o motivo, o local e as circunstâncias nos quais ela foi achada seguem sob sigilo.