Viver Bem

Ter, 21/07/2020 | Atualizado em: 21/07/2020 às 06h26


Viver Bem

Salvar vidas Novo respirador vai ajudar no tratamento

Tainá Cristina*
A+ A-

Um grupo de cinco pesquisadores voluntários desenvolveram na Bahia um protótipo de respirador pulmonar mecânico, como alternativa aos equipamentos que auxiliam no tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus. O Respiral 2.0 tem a proposta de oferecer o serviço com baixo custo.

O engenheiro de computação e 1º sargento do Exército Brasileiro, Rodrigo Costa integra o projeto e afirma que o grupo quer doar os equipamentos para fábricas de produtos hospitalares e para as Forças Armadas como suporte em unidades de saúde públicas e militares. Com isso, o respirador possui sensores de fluxo de ar, pressão e volume, através de um display touch que possibilita ao profissional de saúde configurar parâmetros segundo as necessidades.

"A ideia é termos um respirador de baixo custo e com uma tecnologia brasileira. O valor de insumos do protótipo foi R$ 6.500. O protótipo vai ser doado. Nós, como equipe, nos sentimos muito felizes em poder utilizar os conhecimentos que adquirimos nas universidades que estudamos para poder desenvolver algo assim", salientou Rodrigo Costa.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira