Da Redação

redacao@jornalmassa.com.br

Cinco suspeitos foram mortos em uma operação da polícia que desvendou um verdadeiro arsenal do crime, na tarde de ontem, no bairro de São Gonçalo do Retiro.

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública, o esconderijo subterrâneo, que foi descoberto em uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar, era usado por traficantes envolvidos com roubos de bancos e homicídios.

Durante a ação, 15 suspeitos foram flagrados na localidade conhecida como Baixinha de Santo Antônio por equipes do Policiamento Especializado (CPE) da PM e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil, e houve tiroteio.

No confronto, cinco dos suspeitos acabaram sendo baleados. Ainda segundo a SSP, todos foram socorridos para uma unidade médica, mas nenhum deles resistiu. Os nomes deles não foram divulgados.

No local secreto, descoberto com o auxílio do cão farejador Ajax, do Batalhção de Choque, foram encontrados fuzis, metralhadoras, espingardas, além de drogas.

O grupo era investigado desde fevereiro do ano passado, após uma tentativa de roubo a uma agência da Caixa Econômica Federal, na Paralela. “Eles também atacaram uma agência no bairro de Castelo Branco, no mês de maio deste ano”, informou o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão.

A polícia segue em busca dos outros integrantes do bando. Na noite de ontem, moradores de São Gonçalo do Retiro, em protesto contra a ação, bloquearam a pista e tocaram fogo em um caminhão e um carro pequeno. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo e a polícia permaneceu no local.