Edição do dia
Qua, 27/07/2016

Cultura do estupro é assunto de debate

Roseli Servilha
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, as secretarias estaduais de Política para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) e de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) realizaram, ontem, no Centro Cultural de Plataforma, o debate "Fala Menina! Como assim cultura do estupro?!", voltado para jovens negras e negros. O evento fez parte do calendário Julho das Pretas 2016. Dentre as participantes, estavam Olívia Santana, secretária estadual de Políticas para as Mulheres; Monique Evelle, estudante e fundadora do Projeto Desabafo Social; Alessandra Ayres, a Lellêzinha – atriz, cantora, dançarina e vocalista do "Dream Team do Passinho"; e Elis Regina Sodré, diretora estadual da União da Juventude Socialista (UJS-BA).