Foto: Redes Sociais/ Instagram

IBOTIRAMA: Polícia trabalha com a versão de que o soldado Edson Salvador assassinou a mulher, Sylvia Rafaella, a tiros, no quarto, e cometeu suicídio

Leo Moreira

Uma tragédia familiar deixou em estado de choque a população e a unidade da Polícia Militar do município de Ibotirama (a 664 km de Salvador), localizado no oeste baiano. Na manhã de ontem, a soldado PM Sylvia Rafaella Gonçalves Pereira, 38 anos, foi encontrada morta dentro de casa, ao lado do marido, o também soldado da PM Edson Salvador Ferreira de Carvalho, de33 anos.

Segundo as informações preliminares da Delegacia Territorial de Ibotirama, Edson teria atirado contra a mulher e, em seguida, em si mesmo, tirando a vida dos dois. A Polícia Militar chegou ao local depois de acionada por vizinhos das vítimas, que escutaram o som dos disparos. Quando as equipes da 28 ª Companhia Independente da PM chegaram ao local, os dois já estavam sem sinais vitais.

Ambos foram encontrados sentados sobre a cama,no quarto onde a vítima residia. Ainda conforme os relatos, Sylvia e Edson estavam separados há cerca de quatro meses e possuíam um histórico de briga.

MENSAGENS DE ADEUS:

Ativa nas redes sociais, Sylvia tinha pelo menos 70 mil seguidores no Instagram, onde gostava de exibir sua boa forma física, além de sua rotina dentro da corporação. Por lá também que vários seguidores deram o último adeus. Mensagens como “Que Deus te receba de braços abertos” e “Uma tragédia que choca a todos nós!! Família PMBA de luto” foram algumas deixadas. A soldado era lotada na 28ª CIPM (Ibotirama). Já Edson trabalhava na Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE).