Foto: Camila Souza / GOVBA

Da Redação

Após o governador da Bahia, Rui Costa, dizer que estima o início do processo de vacinação contra a Covid-19, na Bahia, dentro de um prazo máximo de 30 dias, o gestor estadual reafirmou, nesta sexta-feira, 8, que espera que em “até menos de 30 dias” o imunizante já esteja disponível no Estado. Além disso, Rui criticou o Governo Federal que, segundo ele, fala muito, mas não está fazendo nada para ajudar nesse procedimento.

“Eu espero que sim, que até menos de 30 dias, nós estamos com tudo pronto, conseguimos comprar todo o material, inclusive seringas, conseguimos comprar os refrigeradores para distribuir nas regiões”, disse o petista.

Segundo Rui, haverá prioridade na imunização e que, segundo ele, não é baseada por cidades, pois todas as regiões serão contempladas.

“A prioridade será por grupo de risco. O primeiro grupo de risco inclui o pessoal que trabalha na saúde pública, seja ela estadual ou municipal, ou mesmo na saúde privada. Então os profissionais de saúde serão os primeiros, os profissionais da área de segurança pública e também nessa primeira etapa inclui-se as pessoas de risco, as pessoas maiores de 75 anos. Tudo depende do volume que vamos conseguindo, outros grupos estão considerados, evidente”, disse Rui.

“Na medida que vamos vacinar todo mundo acima de 75 anos, vamos vacinar acima de 60 anos, vamos incluir também como prioridade os professores da educação estadual, municipal e privada, para que a gente retome com segurança todas as aulas e assim vamos progressivamente até o final do ano, vacinando toda a população”, afirmou o gestor.

“Eu espero que o Governo Federal fale menos, se não pode ajudar, atrapalhe menos para a gente poder vacinar o quanto antes”, completou Rui.